Giselda enfrentou problemas sérios de saúde durante viagem para encontrar sua filha, genro e neta, que moram nos Estados Unidos. Assista ao vídeo com o depoimento de Giselda e seu esposo e confira como o Seguro Viagem ajudou a família 

A vontade de viajar começou quando Giselda Machado, cabeleireira de 59 anos, recebeu uma ligação de sua filha que mora nos Estado Unidos. Entre uma conversa e outra, a saudade e a preocupação em ajudar a filha que estava grávida a motivou a fazer as malas e voar com destino a Orlando, na Flórida.

Desta vez Giselda não teria a companhia do Esposo, Roberto Machado, de 68 anos. Ele sempre a acompanha nas visitas a filha, mas dessa vez a viagem foi um pouco inesperada e com o objetivo dar uma mãozinha nos cuidados com e neta pequena. Como em todas as viagens, nesta Giselda também incluiu o Seguro Viagem.  “Depois de uma experiência ruim com outra empresa começamos a pesquisar e buscar indicações de conhecidos que nos recomendaram a Mondial Travel”, explica Roberto, que sempre se preocupa com a segurança, principalmente nesta viagem em que a esposa iria sozinha.

Tudo corria bem, Giselda chegou no estado da Flórida, encontrou com seu genro no aeroporto e seguiram até a residência, em Orlando. A emoção foi grande ao reencontrar a filha e a neta, que exigiu bastante atenção da vovó. “Primeiro eu comecei a brincar muito com a minha neta. Eu pulava e quanto mais eu pulava ela me achava engraçada e começava a rir. Mas quando eu me dei conta, meu joelho começou vi meu joelho inchado. Mas a felicidade era tanta…Coisas de vó. Porém, depois da festa o meu joelho não aguentou e ficou enorme. Nesse momento já precisei da ajuda da Mondial”.

Giselda recorreu a Mondial para encontrar um médico para solucionar os problemas com o joelho. “Foi muito bom todo o atendimento. Fui em uma clínica muito boa e deu tudo certo”, explicou Giselda.

A curtição da vovó coruja continuou. No dia seguinte a família feliz seguiu para um passeio no Shopping, e aí mais um susto. “Comecei a ficar mal no shopping, muita febre, só sentia vontade de dormir”, comenta Giselda.

A filha, muito preocupada em ver a mãe tão debilitada, buscou ajuda do Seguro Viagem e localizou o hospital mais próximo para levar a mãe. A suspeita era de uma gripe forte causada pelo vírus Influenza, pois foi bem na época em que o mundo vivia o surto da doença. Giselda passou um dia inteiro no hospital fazendo vários exames.

No Brasil, Roberto recebeu a ligação da filha, muito preocupada e sem saber como passar as informações corretas ao pai. “Minha filha ligou falando que a mamãe estava morrendo, eu levei um susto”, detalha Roberto.

Sem saber o que fazer, longe de sua esposa e de madrugada, Roberto entrou em contato com a Mondial que assessorou o atendimento e o tranquilizou passando todas as informações sobre o estado de saúde de Giselda. “Como eu não tinha o contato e nem saberia ligar para o Hospital, porque eu não falo inglês e nem entendo, eu liguei para a Mondial. A equipe de atendimento encontrou em contato com o hospital e todo o transcorrer dos acontecimentos eles passavam para mim. Isso foi tudo de bom. Ninguém faz isso”, conta agradecido.

O Diagnóstico – Lá em Orlando Giselda não tomou conhecimento do Diagnóstico final. Os médicos examinaram, investigaram o caso e  orientaram a procurar seus médicos no Brasil. Eles respeitaram o momento da viagem, não a assustaram, trataram todos os sintomas e a liberaram para retornar na data programada. Em todos os momentos, até sua chegada ao Brasil recebeu assessoria da Mondial.

Foi no Brasil, quando Giselda procurou os médicos, é que descobriu que enfrentaria uma longa jornada de tratamentos. “Quando voltei logo procurei minha médica e fiz vários exames que constatou um câncer de 7 cm no rim”, comenta Giselda.

Depois desse imprevisto, Giselda e Roberto orientam todas as pessoas a fazer o Seguro Viagem com a Mondial, seja por motivos de viagens rápidas ou mais demoradas.

“A gente sempre pensa que não vai precisar do Seguro, porém essa foi uma prova de que é necessário ser feito.  Então eu peço as pessoas que pensem bem, porque a gente nunca quer usar, mas na hora que chega a necessidade é que você dá valor”, orienta Roberto.

Ele acrescenta outra dica muito valiosa, sobre a escolha do Seguro: “Tem que saber escolher a operadora. Não adianta escolher pelo preço e depois não receber atendimento adequado e ter que arcar com todas as despesas. Com a Mondial foi tudo perfeito. Por isso que eu faço Seguro Viagem com a Mondial e recomendo. Não tem como mudar”, conclui.

Atualmente, Giselda faz acompanhamento médico para tratamento do câncer e aguarda ansiosamente a alta médica para a próxima viagem de reencontro com sua filha, genro, neta e, agora, para conhecer o netinho que acabou de chegar para alegrar ainda mais os passeios em família, nos Estados Unidos.

Confira o Vídeo com o relato de Giselda e Roberto Machado:

Juliana Fernanda

Juliana Fernanda dos Santos Ferreira, jornalista pós-graduada em Comunicação Corporativa. Adoro novidades com conteúdo. Passear em família é a melhor programação, afinal todo lugar tem algo a se aproveitar e em boa companhia tudo fica ainda melhor.

COMENTÁRIOS