Conheça Quito, no Equador, a cidade que está no centro do mundo e tem inúmeros atrativos

O Equador é um excelente destino de férias. Entre o histórico centro e as belezas da natureza, a cidade de Quito oferece divertimento completo para seus turistas. Programar uma viagem para a capital do Equador vai oferecer uma imersão cultural e histórica, além do privilégio de contemplar a natureza ímpar.

Localizada nas encostas do vulcão Pichincha, região sul do Equador, Quito é privilegiado por estar num dos pontos mais elevados do mundo, perdendo apenas para La Paz, na Bolívia. Fica a 2.850 metros acima do nível do mar, num estreito vale dos Andes, com visuais incríveis.

Como se divertir em Quito?

A diversão em Quito é para todos os gostos, tem opções para quem gosta de conhecer o lado histórico e cultural da cidade, tem passeios para apreciar a paisagem natural e até para quem curte a vida boêmia. Listamos abaixo os principais pontos turísticos para você visitar em Quito. Confira:

Teleférico, vulcão e caminhada

Teleférico de Quito – É uma excelente oportunidade de testar o seu medo de altura, isso porque o teleférico denominado Cruz Loma, é um dos mais altos do mundo. Vai de 2950 metros de altitude a quase 4000. Só o tempo para subir já são 20 minutos e aí você percorre mais de 2 mil metros lineares. É uma experiência única poder ver do alto os vulcões que estão localizados nos Andes. A partir dali você pode seguir as caminhadas ao cume do Pichincha.

Caminhada no Pichincha – A apenas 10 kms de Quito estão reunidas três montanhas no vulcão Pichinchas. São elas: Guagua Pichincha, com altitude de 4.784 mil metros em relação ao nível do mar, o Rucu Pichincha, com 4.698 mil metros, e a mais baixa, denominada Padre Encantado, com 4.685 mil metros.

A Mais indicada para fazer a caminhada é a Rucu Pichincha, que significa “Velho Vulcão”. Essa é a montanha mais segura e ao mesmo tempo linda.

Além disso, o Rucu pode ser bem mais proveitoso, afinal o acesso é mais fácil. São 10 km de caminhada e cerca de 4 a 5 horas de duração.

Se você quiser conhecer o cume mais alto, o Guagua, deve tomar mais cuidado. Segundo alguns blogueiros de viagens que já estiveram no local, é bastante perigoso por conta de assaltos e furtos.

Para fazer esse passeio é preciso se lembrar que a altitude pode fazer mal. Sentir falta de ar é bastante comum, então aconselhamos iniciar o passeio preparado. Leve água e algumas coisas para comer no meio do caminho. Além disso, é importante ter feito um Seguro Viagem, pois caso algo aconteça você poderá pedir ajuda. Nossa dica é o Seguro Viagem Allianz. Faça uma cotação ## clicando aqui ## e utilize o cupom PARAONDEFOR, para ganhar desconto.

Esportes radicais na Reserva El Pahuma

Esse passeio é para quem gosta de natureza, esporte radical ou simplesmente observar a paisagem em meio a vales e lagos. A Reserva El Pahuma possui várias espécies de orquídeas e bromélias. Há possiblidade de fazer rapel na cachoeira e ainda fazer caminhadas ou passeio de caiaque.

Nessa região, existe um restaurante que vale a visita só para contar que você já esteve bem pertinho de um vulcão ativo. O restaurante El Crater está localizado na borda do vulcão Pululahua. O curioso é que no centro do vulcão existem casas e até estradas. Precisa de coragem para viver ali.

Continue seu passeio, próximo dali está a Ciudad Mitad Del Mundo.

Norte ou sul – Ciudad Mitad Del Mundo 

Visitar o meio do mundo, como é considerada a Ciudad Mitad Del Mundo – em português: Cidade Metade do Mundo –  é um dos pontos obrigatórios em Quito. Afinal, ir para Quito e não registrar a famosa foto no Monumento Equatorial, podendo ficar ao lado Norte e Sul ao mesmo tempo, com certeza fazer falta no seu roteiro.

Apesar de ser um local simples, há bastante coisa para se fazer ali, além de tirar foto no monumento. Entre as opções de atrações, existe a exposição de casas ancestrais, com casas típicas das moradias do Shuar, Moradia da Serra e da Costa. Uma oportunidade para conhecer a história dos antepassados, bem como seus costumes.

Há ainda a praça do cacau, onde se pode conhecer todo o processo de colheita e provar deliciosas sobremesas de chocolate feito com o autêntico cacau equatoriano.

Tem estação de trem, um planetário, pavilhões culturais, capela e outros atrativos.

Centro Histórico

Basílica do Voto Nacional de Quito

Para quem gosta de passeios dentro da cidade, o indicado é aproveitar o Centro Histórico de Quito, com várias atrações. São inúmeras igrejas, uma mais bonita do que a outra, além de mosteiros e construções históricas. Foi o primeiro local a ser declarado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, na década de 70.

O Para Onde For indica que você se programe para conhecer a Catedral Metropolitana de Quito, o Palácio Presidencial, a Igreja da Companhia de Jesus e a Basílica do Voto Nacional de Quito, a maior do Equador.

Também no Centro está a rua La Ronda, pitoresca e com variedade de comércio, com lojas de artesanato, sorveteria, bares e restaurantes. Essa rua também é um dos principais centros boêmios para quem gosta de curtir a noite durante a viagem.

Rua La Ronda, para curtir a noite

Para quem não vive sem música e balada, a opção é a região La Mariscal, com casas noturnas e restaurantes internacionais, mais precisamente na rua Calama. Lá é que acontece o famoso festival musical do Equador: Quito Blues Festival.

Clima em Quito

Localizada numa área de altitude elevada, em Quito não faz muito calor e nem muito frio. A temperatura amena e constante o ano inteiro.

Se você puder esticar sua viagem e conhecer Galápagos, vale a pena!

Leia alguns detalhes de Galápagos, no post: 3 Destinos com tempo bom no mês de outubro

 

Avatar

Juliana Fernanda

Juliana Fernanda dos Santos Ferreira, jornalista pós-graduada em Comunicação Corporativa. Adoro novidades com conteúdo. Passear em família é a melhor programação, afinal todo lugar tem algo a se aproveitar e em boa companhia tudo fica ainda melhor.

COMENTÁRIOS

[contact-form-7 id="50" title="Newsletter"]