Viagens são verdadeiros investimentos. Faça bom uso do 13º salário conhecendo outro destino

Já pensou no que vai fazer com o seu 13º salário? A primeira parcela já está chegando, ela deve ser paga no dia 30 de novembro. Uma boa opção para investir o dinheiro é programar uma viagem para seus próximos dias de folga. O que acha? Mas se está na dúvida e com receio de gastar além do que pode e se arrepender depois, vamos te ajudar a destinar de forma correta o seu dinheiro.

Confira dicas para investir seu 13º em uma viagem

  1. Calcule o valor que você receberá

Você já sabe quanto vai receber? A primeira parcela que cai no dia 30 de novembro é referente a 50% do seu último salário. Essa primeira parcela não vem com desconto, mas vale lembrar se você trabalhou o ano inteiro ou não. Para calcular o valor exato que receberá basta multiplicar o seu salário por 12 e depois dividir pela quantidade de meses trabalhados.

A segunda parcela é paga até o dia 20 de dezembro. Nessa parcela há descontos dos impostos referente ao INSS – de -8% a -11% do valor total –  e Imposto de Renda (IRRF) – de -7,5% a -27,5% do valor total, as taxas variam de acordo com o valor do seu salário.

Calculado o valor do seu 13º salário, agora é só escolher o destino ideal que cabe no seu bolso. Aqui no blog temos várias dicas de destinos. No início do ano fizemos uma seleção de destinos interessantes para conhecer em 2018. Leia:

  1. Planeje o orçamento

No final do ano, época entre Natal e Ano Novo, principalmente Ano Novo, o preço das passagens e hospedagens ficam mais altos. Por isso, é importante se planejar com antecedência e fazer essas duas reservas o quanto antes. Vale a pena usar a primeira parcela do 13º salário para já reservar a passagem e a hospedagem.

Outra opção é usar o dinheiro para planejar uma viagem para 2019. As baixas temporadas na maioria dos destinos iniciam em março, logo após o carnaval e segue até junho.

  1. Separe o dinheiro

Com o destino definido é importante separar o dinheiro que será usado para toda a viagem. Antes de efetuar a compra de tudo o que vai precisar durante a sua viagem faça uma lista para evitar compras desnecessárias, pesquise o valor dos itens essenciais, compare e calcule.

Nessa lista é importante constar os seguintes itens:

  1. Passagem
  2. Hospedagem
  3. Alimentação (verificar dica nº 4)
  4. Seguro Viagem – Aproveite nosso desconto de 30% OFF no Seguro Viagem Allianz aqui.
  5. Transporte durante a viagem (Ex. Transfer, aluguel de carros, trens e metrôs) (verificar dica nº4)
  6. Passeios (verificar dica nº 4)
  7. Malas
  8. Produtos de higiene pessoal
  9. Acessórios de acordo com o destino e a viagem (Ex.: óculos de sol, barraca de acampamento, luvas, etc)
  10. Compras de lembranças.

Dica Para Onde For: Se o orçamento for pequeno, exclua da lista o último item 🙂

  1. Separe o orçamento diário da sua viagem

Separar os gatos diários da sua viagem é uma dica muito importante para você se prevenir de gastar além da quantia recebida no 13º salário.

Por exemplo, se você for passar 10 dias no destino é importante fazer um cronograma de atividades diárias. Inclua nesse cronograma o transporte, os passeios e as refeições que terá que pagar em cada dia.

Faça um roteiro diário e verifique a média de valores que será gasto para cada item. Se perceber que ultrapassou seu limite diário, escolha uma alternativa mais barata. Lembre-se de contabilizar uma sobra de pelo menos 15% a mais do gasto calculado para eventuais emergências.

  1. Escolhas e hábitos que fazem a diferença no orçamento

Na hora de escolher a hospedagem, prefira hotéis que tenham café da manhã incluso ou lugares com cozinha, assim você pode preparar refeições básicas e em determinados dias economizar com a alimentação. Em todos os lugares do mundo, comer em restaurantes é muito mais caro do que comprar os ingredientes e preparar você mesmo a sua refeição.

Água é outro item que podemos comprar no supermercado ou encher garrafinhas com água do filtro do local em que estiver hospedado. Comprar água em pontos turísticos, bares e restaurantes pode fazer diferença no orçamento final diário.

O transporte também faz toda a diferença. Andar de transporte público, como ônibus, trem e metrô é muito mais vantajoso do que táxi ou ubber. Confira antes da viagem as opções de transporte que existem para você chegar nos lugares que pretende visitar. A localização da sua hospedagem também pode contribuir para economizar com transporte. Compare e veja o que compensa para a sua viagem e destino.

Escolha os passeios e pontos turísticos mis próximos para conhecer no mesmo dia e evite deslocamento de longa distância entre eles. Desta forma, você economiza com custos de transporte e aproveita mais o tempo. Lembre-se de verificar os dias de visita antes da viagem, muitos locais oferecem datas gratuitas em determinados dias da semana.

Leia também: 5 orientações para fugir das dívidas e viajar mais

E aí, gostou das dicas? Já escolheu qual o destino que vai investir seu 13º salário? Conta pra gente, deixe suas sugestões nos comentários.

 

Posts relacionados

Juliana Fernanda

Juliana Fernanda dos Santos Ferreira, jornalista pós-graduada em Comunicação Corporativa. Adoro novidades com conteúdo. Passear em família é a melhor programação, afinal todo lugar tem algo a se aproveitar e em boa companhia tudo fica ainda melhor.

COMENTÁRIOS