A Copa do Mundo FIFA 2018 está chegando. Veja as regiões em que estão os estádios sede dos jogos

Palco da Copa do Mundo FIFA 2018, entre os dias 14 de junho e 15 de julho, a Rússia conta com uma grande diversidade de atrações para os turistas. Confira onde estão cada um dos estádios e planeje-se para passear em suas redondezas.

  1. São Petersburgo – Estádio Krestovsky

Estádio de São Petersburgo, também conhecido como Zenit Arena, tem capacidade para 67,8 mil pessoas

O estádio de São Petersburgo, também conhecido como Arena Zenit, é uma das sedes da Copa do Mundo Fifa 2018.

Está localizado ao noroeste da Rússia, na Ilha de Krestovsky, em São Petersburgo. É segunda maior cidade da Rússia. Fica a aproximadamente 687 km de distância do centro de Moscou, 12h de viagem de carro e 1h15 de avião.

São Petersburgo é considerada a capital dos Czares (imperadores) e  oferece inúmeras opções de pontos turísticos, vida cultural, e boa infraestrutura para os turistas.

Entre os principais pontos turísticos estão:

  • Hermitage / palácio de Inverno;
  • Palácio Peterhof, Cateral de Santo Isaac;
  • Igreja do Salvador do Sangue Derramado;
  • Avenida Nevsky Prospekt;
  • Fortaleza de Pedro e Paulo;
  • Catedral de Kazan;
  • Palácio de Catarina;
  • Teatro Mariinsky; e
  • Museu Estatal Russo;

Site oficial do Estádio Krestovsky: arena.fc-zenit.ru/

  1. Kaliningrado – Arena Baltika

Estádio de Kaliningrado tem capacidade para 35 mil pessoas

Também conhecido como Arena Baltika, o estádio Kaliningrado fica numa ilha no centro da cidade, destruída durante a Segunda Guerra Mundial. Agora, o estádio pretende devolver a vida e motivar o crescimento da região, assim como era no século XX, antes da guerra.

O local é uma província russa, cercado pelos territórios da Polônia e a Lituânia, margeada pelo Mar Báltico, ou seja, está a parte da Rússia, denominada “pequena Rússia”.

Há bastante coisa a se descobrir nesse lugar histórico. Entre os pontos turísticos a se explorar estão: Avenida Leninsky, Estação de trem Hauptbanho, Victor Square, Circuito turístico e City Gates, Ilha de Kant e Museu Bunker alemão.

  1. Moscou – Estádio Luzhniki e Spartak Stadium

Tecnologia, mobilidade e conforto são os principais itens para garantir a infraestrutura de Moscou durante a Copa do Mundo. Isso acontece graças as inovações, como WiFi livre em toda a cidade, nomes de ruas em inglês e espanhol, além de novos restaurantes e hotéis, que surgiram para facilitar a vida dos turistas.

A capital e maior cidade da Rússia conta com dois estádios preparados para os jogos, o Estádio Luzhniki e o Spartak. A distância entre os dois é de aproximadamente 20 km e ficam rodeados de pontos turísticos.

Estádio Spartak, único construído com o dinheiro de um clube de futebol privado, o Leonid Fedun

Estádio Luzhniki é o maior da Rússia, com capacidade para 81 mil pessoas

Entre os pontos de destaques estão: Kremlin e a Praça Vermelha, Catedral de São Basílio, Torre Ostankino, Catedral de Cristo Salvador, complexos de compras G.U.M e TSUM.

  1. Kazan – Estádio de Kazan

Arena Kazan comporta 45 mil torcedores

Também conhecida como arena Kazan, esse estádio já foi utilizado para outros eventos esportivos de grande porte mundial, como o XXVII World Summer Universidade e Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos.

A cidade é considerada uma das mais esportivas entre as participantes da Copa e conta com uma série de atrativos turísticos.

Entre os destaques da região estão o Centro Família de Kazan, o Kremlin de Kazan em conjunto com a mesquita Kul Sharif e a Catedral da Anunciação, vizinhas. A rua Bauman é famosa para compras.

  1. Nizhni Novgorod – Estádio de Nizhni Novgorod

Estádio Nizhny Novgorod, local de disputa de 6 partidas, com capacidade para 45 mil pessoas

O Estádio de Nizhni Novgorod está numa bela região Russa, sendo possível contemplar a vista dos rios Oka e Volga. Essa estádio faz parte das arenas centrais dos jogos, com seis disputas marcadas para o local.

Até o momento, a cidade se desenvolve de acordo com o planejamento esperado. Para os turistas que vão acompanhar os jogos nessa região vale a pena se programar para visitar o zoológico Limpopo Zoo, realizar passeios a pé e visitar a famosa Feira de Nizhni Novgorod, com mostras, conferencias entre outros eventos.

  1. Samara – Arena Samara

Arena Samara tem capacidade para 45 mil pessoas

A cidade de Samara é cortada pelo maior rio da Europa, o rio Volga. Lá foi construída uma obra arquitetônica que fará parte dos Jogos da Copa e com certeza se tornará um belo ponto turístico para os próximos anos, a Arena Samara, que será renomeada como Space Arena, após o evento mundial.

O grande destaque desse estádio é a cúpula de metal, que deixa o local parecendo com uma nave espacial.

Para quem pretende conhecer essa cidade, ela pode ser acessada de trem a partir de Moscou, com duas opções que duram em média 19 horas de viagem, porém há conforto suficiente para encarar a jornada, com camas nas cabines.

Vale a pena passear pelas margens do rio Volga e apreciar o pôr do sol, conhecer a chama eterna, andar pelas ruas e contemplar a arquitetura local, ver esquilos de pertinho nos parques da cidade e também conhecer a igreja ortodoxa.

  1. Saransk – Arena Mordovia

Mordovia Arena se tornará uma arena caseira para o clube de futebol local Mordovia

Saransk é a menor cidade sede da Copa do Mundo 2018 e ao mesmo tempo um precioso lugar para se visitar.

Atualmente com pouco mais de 307 mil habitantes, a cidadezinha está ao lado leste de Moscou, cerca de 8h e meia de trem.

Entre os pontos turísticos de destaque estão: o Museu da Cultura Folk de Mordóvia, o Kraevedcheskiy e o Museu de Arte Fina S.D. Erzia, o parque Gorodskoy, o Zoológico local e a Catedral de Saranks.

  1. Rostov-on-Don – Rostov Arena

Rostov Arena tem capacidade para 45 mil espectadores

A Arena de Rostov vai sediar o primeiro jogo da seleção brasileira no Mundial, na cidade de Rostov-on-Don, região Sul da Rússia.

Essa cidade é banhada pelo rio Don, importante porto que faz parte do crescimento industrial da cidade.

Se você vai acompanhar o jogo da seleção brasileira ao vivo na cidade, aproveite sua estadia para conferir alguns pontos turísticos como a Catedral da Natividade da Santíssima Virgem Maria, o Monumento de Alexander Pushkin, Museu Memorial Sabina Spielrein, o Parque da Revolução de Outubro, o Parque Gorky, o parque aquático H2O Aquapark, o teatro Rostov State Musical Theatre, além do Mercado Central uma opção para conhecer alimentos típicos da Rússia.

  1. Sochi – Estádio Fisht

Estádio Fisht tem capacidade para 43,7 mil espectadores

A cidade de Sochi receberá jogadores para quatro jogos da fase de grupos e dois para 1/8 e 1/4 de final.

Localizada no sudoeste do país, próximo das montanhas nevadas do Cáucaso e do mar Negro, oferece clima mais ameno em relação as demais cidades Russas e uma série de opções de passeios em meio a natureza, com várias cachoeiras.

Entre as opções de atividades disponíveis para os turistas que curtem aventura estão a prática de alpinismo, mergulho e esqui na montanha.

Além disso, a cidade oferece pontos turísticos interessantes para um passeio mais tradicional, entre os destaques estão: a Catedral do Arcanjo Michael, a histórica Casa de Veraneio do Stalin, o Museu de Arte de Sochi, o parque de diversões do Parque Olímpico, que sediou as Olimpíadas de inverno de 2014, e o Oceanário.

Além da Copa do Mundo de 2018, outros torneios esportivos importantes foram realizados na cidade, como exemplo os Jogos Olímpicos de Inverno e Grand Prix de Fórmula 1.

  1. Ecaterimburgo – Arena Ecaterimburgo

Arena Ecaterimburgo terá capacidade para 35 mil espectadores durante a Copa do Mundo

A Arena Ecaterimburgo é o estádio mais próximo do lado oriental da Rússia, fronteira entre Europa e Ásia. A cidade é umas das maiores e mais bonitas do País. Fica próxima aos Montes Urais, uma cordilheiras de montanhas, que garantem um visual incrível da paisagem.

Entre os pontos turísticos da cidade estão a Catedral de Sangue, onde a família imperial Romanov foi executada durante a Revolução Bolchevique em 1918, a badalada rua Vaniera com seus artistas de rua e boas lojas, a Estação de Trem, a torre Vysotskii, o monumento Tulipa Negra e o Bóris Yeltzin, em memória ao primeiro presidente russo pós-URSS, além do monumento Europa-Ásia, que marca a divisão dos dois continentes.

Também vale conhecer o Ploshchad 1905 Goda, com sua estátua de Lênin, o Parque Puchkin e o quarteirão literário.

  1. Volgogrado – Arena Volgogrado

Arena Volgogrado é o estádio central, localizado as margens do rio Volga, com capacidade para 45 mil pessoas

A cidade é motivo de orgulho para os Russos, graças a conquista da Batalha de Stalingrado, na qual o exército russo venceu os nazistas.

Volgogrado já recebeu outros dois nomes ao longo de sua história: Tsarítsin, até 1925; e Stalingrado, título que durou até 1961, ano em que recebeu seu nome atual.

A Arena de Volgogrado fica ao lado do Memorial de Mamayev Kurgan, um dos principais pontos turísticos da cidade, às margens do Rio Volga.

Se você pretende acompanhar os jogos na cidade, programe-se para conhecer além do Memorial de Mamayev Kurgan, o Museu Panorâmico da Batalha de Stalingrado, a Casa Pavlov, o espaço Aléia dos Heróis, a rua da Paz e o Planetário.

Gostou desses lugares? Que tal torcer ao vivo pela seleção brasileira? Programe-se!

#Dica Para Onde For:

Seguro Viagem Europa – A maioria dos destinos europeus exigem dos turistas um Seguro Viagem com cobertura mínima de 30 mil euros para atendimento médico e hospitalar. Na imigração nem sempre pedem essa comprovação, mas se pedirem e você não tiver eles podem negar a sua entrada no país.

Além disso, também existem outras coberturas muito importantes para uma viagem sossegada, como extravio de bagagem, atendimento odontológico, entre outras. O atendimento é 24h, por telefone, e em português.

Aproveite e faça uma cotação utilizando o cupom especial PARAONDEFOR, que te dá 30% de desconto na compra do Seguro Viagem Allianz.

SEGURO VIAGEM ALLIANZ COM 30%OFF

Fonte: https://ru2018.org/city/

Juliana Fernanda

Juliana Fernanda dos Santos Ferreira, jornalista pós-graduada em Comunicação Corporativa. Adoro novidades com conteúdo. Passear em família é a melhor programação, afinal todo lugar tem algo a se aproveitar e em boa companhia tudo fica ainda melhor.

COMENTÁRIOS